História Noticias Polêmicas

Quatro premonições que se tornaram realidade sobre o Mundial de 2006

No decorrer dos anos muitas vezes nos damos conta que alguns fatos históricos já tinham sido noticiados ou comentados antes de acontecerem. Estas previsões ou premonições passaram desapercebidas à época em que foram feitas. Encontramos quatro relacionadas ao Mundial de Clubes do Internacional.

Leia também:

Qual é a origem do Saci como mascote do Sport Club Internacional?

Quatro premonições ou previsões que viraram realidade!

2005 – Paulo Odone (ex-presidente do Grêmio): “O Inter está montando uma superequipe, capaz de chegar a Tóquio.”

É claro que está previsão foi feita de forma irônica, mas quis o destino que as palavras deste senhor se tornassem realidade. Se ele soubesse!

“As provocações entre os dirigentes de Grêmio e Inter hibernaram nos últimos seis meses. Desde a saída do então vice de futebol Saul Berdichevski do estádio Olímpico, que não poupou o rival de brincadeiras e opiniões polêmicas – chegou a afirmar em 2004 que o atacante Rico era melhor que Nilmar -, o clima dos dois lados ficou ameno. Até ontem.

A ironia partiu do Grêmio. Ao explicar as dificuldades em anunciar nomes que entusiasmem o torcedor, Paulo Odone afirmou que o mercado brasileiro está restrito quanto a jogadores de peso. Então, aproveitou a oportunidade para alfinetar o adversário. ‘O Índio é um grande nome para lotar aeroporto?’, perguntou, referindo-se ao zagueiro trazido pelo Inter, o qual, ano passado, estava no Juventude.

Mais tarde, questionado se retomaria uma rotina de provocações com o Inter, Odone garantiu que não há motivos. O presidente afirmou que a temporada que se inicia tem objetivos diferentes para cada uma das equipes. ‘O Inter tem lá o seu sonho de conquistar a Sul-Americana, enquanto o desafio do Grêmio é sair de onde está’, afirmou.

A ironia, porém, voltaria a aparecer logo em seguida. Ao comentar as contratações do Inter, Odone disse que o rival estava montando uma ‘superequipe, capaz de chegar a Tóquio’. Mesmo assim, o presidente disse que é preciso que o Grêmio volte suas atenções apenas para si. ‘Eu olho só para o meu umbigo’, diz Odone. O dirigente lembra que em períodos anteriores, a equipe, mesmo dispondo de um elenco supostamente inferior ao do Inter, mostrou capacidade de superação e não só venceu clássicos como acumulou títulos importantes.

O presidente gremista não fugiu da resposta quando perguntado qual a sua expectativa para o primeiro confronto entre Inter e Grêmio na temporada: ‘Espero faturar eles. Passar por cima’, disse, sorrindo.” – CORREIO DO POVO – 12 de janeiro de 2005 

2001 – João Paulo Medina (ex-coordenador técnico do Internacional): “O trabalho que estamos desenvolvendo dará frutos em quatro ou seis anos.”

Com certeza muitos colorados ficaram furiosos com essa declaração, mas assim como pedimos desculpas ao Gabiru devemos implorar pelo perdão de Medina:

-Desculpa Medina!

O coordenador técnico do Internacional, João Paulo Medina, deu uma notícia que não deve agradar muito à torcida colorada. Segundo ele, o trabalho da comissão técnica formada no início da atual gestão do clube, há um ano e 20 dias, começará a dar resultados concretos ‘em médio e longo prazos’. ‘O trabalho que estamos desenvolvendo dará frutos em quatro ou seis anos. Mas, isso não impede a conquista de algum título em dois anos’, contou Medina.

Ele aproveitou para rechaçar as críticas de que a comissão técnica teria um número exagerado de integrantes. ‘Nossa comissão técnica equivale à de todos os grandes clubes do Brasil’, defendeu Medina. Para o coordenador técnico, a diferença é que no Inter todos os profissionais têm ‘denominação’. ‘Cada figura tem as suas funções e atribuições’. O grupo é formado pelo treinador Zé Mário, auxiliares técnicos Guto Ferreira e Leandro Machado, preparadores físicos Manoel dos Santos e Eduardo Silva, fisioterapeuta Feliciano, motivador Nélson Spritzer, preparador de goleiros Marquinhos, coordenador do setor de saúde Ademir Rodrigues, além do próprio Medina. Também participam nutricionistas e psicólogos. Élio Carraveta, que exercia a função de supervisor, foi transferido para a categoria de base.

Para o técnico Zé Mário, a comissão técnica colorada ainda é pequena. ‘O ideal seria ter um preparador para cada dois jogadores, pois quanto mais individualizado o trabalho, melhor. Se não fosse os problemas financeiros, nós contrataríamos mais gente’, disse o treinador. ‘A tendência é aumentar o número de profissionais.'” – CORREIO DO POVO – 28 de janeiro 2001*

*nesta mesma edição do Correio do Povo, o colunista Hiltor Mombach foi infeliz em afirmar que a previsão de Medina  era uma “declaração de extinção da torcida colorada”. Quanta soberba desse senhor!

1997 – Sampaulo (saudoso chargista gaúcho): CAMPEÃO DO MUNDO COM O CARIMBO DA FIFA

Jornal Zero Hora – 19 de março de 1997 (a imagem diz tudo)

Uma outra previsão do grande Sampaulo foi sobre o jogo entre Grêmio e Real Madri. Confira a charge e veja se não é verdade:

1986 – André Damasceno (humorista gaúcho): “O Internacional é Campeão do Mundo de 2006.”

Sensacional! Uma das premonições mais certeiras que se tem notícia! Nem Nostradamus foi tão exato.

E então, o que achou dessas premonições?

Fontes da pesquisa: Sam Paulo Cartunista, Youtube, Correio do Povo 1, Correio do Povo 2

 

Leave a Reply

1 COMMENTS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *